Como Usar Diagrama de Ishikawa Para Melhorar a Gestão da Qualidade?
>
>
Como Usar Diagrama de Ishikawa Para Melhorar a Gestão da Qualidade?
Mulher usa Diagrama de Ishikawa na Gestão daQualidade

O Diagrama de Ishikawa, também conhecido como Diagrama Espinha de Peixe – devido ao seu formato – ou Diagrama de Causa e Efeito, por ser composto pelo problema e suas possíveis causas, já tem sido muito utilizado para melhorar a gestão da qualidade. Isso porque é essencial ter um processo claro e organizado para garantir que os produtos e serviços sejam entregues aos clientes com o máximo de eficiência possível. 

Desenvolvido pelo engenheiro japonês Kaoru Ishikawa na década de 1960, o Diagrama Espinha de Peixe é uma ferramenta simples e eficaz, primeiramente para identificar, mas também classificar, documentar e organizar as causas de um determinado problema. Esse processo facilita a análise da ocorrência e ajuda a determinar as soluções apropriadas. 

A ferramenta é especialmente útil em situações complexas em que muitas variáveis estão em jogo. Como as causas são hierarquizadas, é possível, então, identificar de maneira clara as origens de um problema.

Compreendendo o Diagrama de Ishikawa

Antes de tudo, a cabeça do peixe representa o problema a ser resolvido. Nas espinhas ficam situadas as diferentes categorias de fatores que podem ter contribuído com o aparecimento do  problema, tais como pessoas, processos, máquinas, materiais e meio ambiente. Os ramos das espinhas representam os fatores específicos que podem estar causando o problema.

Usar o Diagrama de Ishikawa é simples. Com algumas etapas, portanto, tudo ficará registrado graficamente, tornando mais clara a compreensão da situação e as práticas a serem adotadas para solucionar o problema e evitar que ocorra novamente. O passo a passo abaixo indica cada ação para construir o seu Diagrama:

  1. Localize o problema que precisa de uma solução e escreva-o na cabeça do peixe.
  2. Identifique as categorias relevantes de fatores que podem estar contribuindo para o problema e escreva-as nas espinhas do peixe.
  3. Identifique os fatores específicos que podem estar causando o problema e escreva-os nos ramos das espinhas.
  4. Crie categorias para as organizar as causas definidas pela equipe, tais como mão de obra, método, máquina, material etc.
  5. Analise cada um dos fatores e determine as ações para melhorá-los.
  6. Implemente as soluções propostas e monitore os resultados.

O diagrama de Ishikawa é particularmente útil em situações em que um problema é recorrente e as soluções anteriores não foram eficazes. Ele também é muito útil para identificar oportunidades de melhoria em processos que estão funcionando bem, mas que poderiam ser ainda mais eficientes.

Ao usar o Diagrama de Ishikawa, contudo, é importante envolver todas as partes, incluindo funcionários, gerentes e clientes. Isso ajudará a garantir que todas as perspectivas sejam consideradas e que as soluções propostas sejam implementadas de forma eficaz.

Facilitando ainda mais o processo com um software

Um software de Gestão da Qualidade pode facilitar esse processo, não só pelas ferramentas que disponibiliza, mas também pela possibilidade de reunir todos os documentos em um único local, gerar notificações de prazo e fazer o  acompanhamento de cada etapa da gestão da qualidade.

O módulo de Conformidades da GestQual, por exemplo, é uma ferramenta completa que torna possível:

  • Descrever a não conformidade ou oportunidade de melhoria;
  • Informar normas da qualidade e demais requisitos relacionados;
  • Analisar a causa raiz através de diversas ferramentas, dentre elas o próprio Diagrama de Ishikawa;
  • Elaborar um plano de ação;
  • Analisar a eficácia das ações.

Para saber mais detalhes sobre esse ou outros assuntos relacionados à gestão da qualidade, clique aqui e entre em contato conosco.

Compartilhar:

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart