Como tratar uma Não Conformidade segundo a ISO 9001
>
>
Como tratar uma Não Conformidade segundo a ISO 9001
Mulher lendo sobre não conformidade segundo a ISO 9001

Uma das normas mais conhecidas do mundo, a ISO 9001 é taxativa quando o assunto é não conformidade. A identificação das causas, a definição dos responsáveis e a melhoria contínua são requisitos em um Sistema de Gestão de Qualidade (SGQ). Impossível consolidar-se no mercado sem o cumprimento desta norma tão importante. 

A questão já virou ponto de partida até para a decisão de clientes, que querem saber se a empresa tem o selo ISO 9001, afinal, isso significa a garantia de qualidade em produtos e serviços. Sem contar que, na prática, é ferramenta importante para otimizar processos, agilizar a produção e assegurar um bom resultado. 

E por mais que encontrar uma Não Conformidade possa parecer algo ruim, na verdade não é. Segundo a ISO 9001, uma NC é o não atendimento de um requisito, isto é, de uma necessidade ou até expectativa implícita no produto ou no processo. E que também pode ser obrigatória.

Nesse sentido, encontrar uma NC é ter a possibilidade de corrigir algo que vai melhorar o Sistema de Gestão da Qualidade. E se a empresa tiver uma cultura onde todos os colaboradores têm liberdade para indicar algo que não esteja, a chance de que a NC seja identificada é maior. Isso porque o apontamento do funcionário pode ser apenas um indicativo de melhoria... mas o profissional da Qualidade saberá distingui-las e terá “anjos da guarda” atentos à rotina. 

Com isso, quando chegar o momento da auditoria ou de uma certificação, o coração do gestor da Qualidade, certamente, estará um pouco mais tranquilo. 

Mas como tratar uma Não conformidade segundo a ISO 9001

A ISO 9001 aponta duas maneiras de reagir à não conformidade:

  1. Ação de contenção: promover uma ação para controlar o problema encontrado e impedir que ele aumente;
  2. Ação de correção: repará-lo, imediatamente, ainda que seja para resolvê-lo pontualmente. 

Após as primeiras medidas, é preciso identificar os principais pontos que causaram a não conformidade e uma das recomendações da ISO 9001 é identificar as partes responsáveis; e nesse momento, devem ser levadas em consideração as competências dos colaboradores. A ideia não é recriminar, mas corrigir, etapa fundamental para evitar recorrência. 

E isso mostra o quanto o treinamento da equipe é importante em um SGQ. Não é à toa que a Norma prevê a necessidade de aprimoramento constante; isso permite que os processos sejam monitorados e avaliados adequadamente, ação negligenciada por algumas empresas, mas obrigatória segundo a ISO 9001. E não basta apenas realizar o treinamento, é preciso também assegurar os registros, revelando o cumprimento dos requisitos. 

O fato é que a empresa precisa ‘sair’ de uma Não Conformidade com problema definido, causa raiz identificada, recursos atribuídos, ações futuras verificadas e listadas.

Utilize uma ferramenta

Contar com um software de Gestão da Qualidade para tratar uma Não Conformidade é o melhor caminho para simplificar, agilizar e padronizar o tratamento dos desvios da qualidade, reduzindo problemas, tais como retrabalho, desperdícios e prejuízos.

As ferramentas de tecnologia da qualidade atuarão nas suas causas fundamentais, contribuindo com o profissional na identificação, observação, análise, estabelecimento de um plano de ação, na ação em si, na verificação e padronização dos processos.

O Software GestQual tem um módulo específico sobre as Conformidades. Para saber mais detalhes, clique aqui e entre em contato conosco. Teremos muito prazer em auxiliar você no cumprimento da ISO 9001.

Compartilhar:

Start typing and press Enter to search

Shopping Cart